Membros do Blog Filhos da Misericórdia...participe também!

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

O conto da plantinha...



E lá estava ela, a senhorita Esperança, ajoelhada na terra molhada de orvalho matinal, olhando no jardim a plantinha que ela tanto cuidou se esmorecer. Sem saber o que fazer, entristeceu-se profundamente pois, na verdade, nem sabia se havia algo a ser feito agora.



- "É impossível minha querida, não dá!" Dizia a sra. Descrença, que chegou de fininho sem ela perceber e lhe dava uns olhares amedrontadores.



- "Não vale a pena nem tentar!" Gritava o Sr. Decepção, que apressado ia embora da cena.


- "Vem eu acompanho você, te mostro um caminho menos perigoso e cansativo!" disse a dona Covardia de braços dados a Sra. Amargura. Estas, inclusive, pareciam muito amigas, e quase convenceram a senhorita Esperança que isso era o melhor a ser feito.

 

De repente sentiu que alguém lhe tocara o ombro, era uma menininha singela com uma voz doce dizendo:

- "Tenta, moça, tenta mais uma vez!!!!. Não é hora de desistir. Sonhos plantados não devem ser arrancados antes do tempo, até que Aquele que te deu a semente mande"




Chamavam a pequenina de Fé e, mesmo debaixo de olhares desdenhosos dos outros, entre todas as falas, a dela foi a única que trouxe paz ao jardim, a moça e ao seu coração, mesmo diante daquela situação. Resolveu segui-la então... e a história continua...

Um comentário:

Nanda Colares disse...

Fique muito feliz por você ter voltado a postar ! As vezes eu dava uma espiada para ver se tinha novas postagens !

Adorei a história da pequenina Fé.

- "Tenta, moça, tenta mais uma vez!!!!. Não é hora de desistir. Sonhos plantados não devem ser arrancados antes do tempo, até que Aquele que te deu a semente mande"

Bjos no coração! ♥