Membros do Blog Filhos da Misericórdia...participe também!

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Tudo por causa de uma manjedoura






"Dia 24 de dezembro.Como todo brasileiro, deixei algumas compras para a última hora.No meio de tanta liquidação resolvi procurar uma manjedoura…

O vendedor me disse que tinham até “Moisés”, mas manjedoura estava em falta, mas que ainda ia chegar.

Indignado disse: mas onde o Menino vai nascer?


De repente olhei para o céu e no meio de tantas estrelas…, aliás, fazia tanto tempo que não tinha tempo de olhar para o
céu…, foi quando percebi que uma das estrelas brilhavam mais do que as outras!
Será a mesma estrela de Belém?

Foi quando uma criança se aproximou e me disse:
- Moço, o senhor é o papai noel?
Respondi logo um não! Seco! Não, eu não sou papai noel! Eu sou apenas alguém que quer entender o natal!
Mas a criança insistiu: - Não importa, mas eu quero meu presente!

Olhei profundamente para a criança e percebi que a criança estava descalça…, abri uma de minhas sacolas e tirei um par de sandálias nº 40 e disse: Use estas sandálias é melhor do que nada!

A criança sorriu e disse: - Aí não tem nada para comer?
Perguntei: Onde estão os teus pais?
Ela respondeu: - Meus pais estão aí pelas esquinas! Faz muito tempo que me deixaram.

Engoli seco e perguntei. - Você mora na rua?
A criança disse: Claro que não ! Venha ver onde moro.
Resolvi segui-la e chegamos debaixo de um viaduto, com alguns caixotes amontoados.
- É debaixo deste viaduto que você mora?
- É! Mas você não me disse nada sobre se tem alguma coisa para comer nestas sacolas!

Lembrei que havia comprado alguns pães de queijo e entreguei ao garoto que os devorou como se não se alimentasse a bastante tempo.
Enquanto devorava o alimento, fiquei pensando: este menino deve ser um entre muitos que perambulam pelas ruas de nossa cidade.

Foi quando perguntei: Qual o seu nome?
O menino disse: Você não acreditaria se lhe dissesse!
- Não, eu acreditarei! Pode falar!

- Meu nome é Jesus!
Soltei uma gargalhada e escarneci dizendo:
- Tá bom, conta outra… e seus pais se chamam José e Maria …!

- Não falei que não iria acreditar?…

- Deixe de brincadeira garoto, estou falando sério! Qual é seu nome! Eu já estou atrasado, preciso voltar para casa logo para a ceia de natal!

- Meu nome é Jesus, mas ninguém mais acredita em mim!
Indignado olhei para o menino e disse rispidamente: “Você não passa mais do que um menino de rua!”

- É isso mesmo ! Sou o que Sou, um menino de rua andando pelas ruas… Obrigado pelos pães de queijo. Acho que está atrasado para sua ceia de Natal!
Respondi confirmando: - É isso mesmo! Vou embora já estou atrasado, minha família me espera!

Olhei para o relógio e meia-noite se aproximava e acelerei os passos…!

Ao chegar em casa minha esposa perguntou-me:

- Querido, conseguiu a manjedoura?

- Não meu bem, procurei em todos os shoppings e camelôs, mas nenhuma manjedoura encontrei! Desta vez o Menino Jesus vai ter que ficar sem manjedoura mesmo!

- Onde você o guardou?
- Guardou o quê?
- O Menino Jesus! Oras…
- Como sempre eu o deixei no guarda-roupa na gaveta de cima!
- Já procurei mas não o encontrei!
- Como assim? Deve estar lá!

Corri ao quarto e revirei o guarda-roupa, mas a imagem do Menino Jesus não encontrei…

Foi quando me encontrei com minha esposa e ela me disse:
- Encontrou-o !
Respondi: Não!

- Mas onde será que este Menino Jesus foi parar?
Então respondi:

- Ele está perambulando pelas ruas, nas esquinas de nossa vida! Ele até tentou se encontrar comigo, mas eu o deixei perdido junto aos que vendiam crack debaixo do viaduto!

Minha esposa disse:
- Querido você ficou maluco! Do que você está falando?

- Estou falando da nossa vida! O Menino Jesus está nas ruas pois não tem nem casa, nem pai, nem mãe, muito menos uma manjedoura…, mas ninguém se importa com isso, nos acostumamos com nossa indiferença!

autoria: Clárison Avelar

Um comentário:

F.E. Adriano Pontes disse...

Lindo o texto, remonta aquilo que Jesus diz a todos nós em Mateus 25, 34-46.

Um abraço, Deus nos abençoe!